Acessar o site
ENEM Vestibulares Vida de Estudante

Encceja: tudo o que você precisa saber

Se você não concluiu os estudos no tempo regular, mas quer retirar seu certificado de conclusão do ensino fundamental ou médio, o Encceja pode te ajudar. As inscrições para o exame vão do dia 20 a 31 de maio. Confira como funciona a prova!

Autor Representação de uma pessoa Bruna Data Representação de um calendário 20/05/2019 Tempo Representação de um relógio 7min  de leitura

O Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, abriu hoje, dia 20 de maio, as inscrições para a prova do Encceja. O exame é uma oportunidade gratuita para jovens e adultos que não conseguiram concluir os estudos, no Ensino Fundamental ou Médio, na época certa.

Desse modo, a prova avalia as competências, habilidades e saberes adquiridos, tanto nos processos escolares, como nos formativos. Isso inclui a vida familiar, convivência no trabalho, nos movimentos sociais, em manifestações culturais, etc. Confere abaixo como ele funciona e veja como participar!

Site para realizar a inscrição no Encceja 2019

O que é o Encceja e como ele funciona?

Caso você não saiba, o Encceja é o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos. Ele oferece uma oportunidade de conclusão dos estudos à pessoas que não conseguiram concluir o Ensino Fundamental e/ou Médio na idade adequada.

O melhor: o exame é gratuito, e você não precisa pagar nada para fazê-lo. Até mesmo quem já fez a prova em edições passadas e não obteve a média exigida, pode fazer a prova novamente sem pagar nenhuma taxa. Desse modo, a inscrição deve ser realizada pela internet, no Sistema Encceja, até o dia 31 de maio.

Quem pode participar?

Podem participar pessoas que desejam tanto o diploma de Ensino Fundamental, como o de Ensino Médio. Em primeiro lugar, para Ensino Fundamental, a idade mínima exigida é a de 15 anos completos na data da prova. Para o Médio, 18 anos. Candidatos maiores de 18 anos poderão fazer o exame para o Ensino Médio direto, mesmo que ainda não tenham completado o Fundamental. Embora exija idade mínima, o exame não tem idade máxima para quem vai fazer a prova!

Não existe idade máxima para fazer o Encceja.

Além disso, o Encceja também é aplicado no exterior e para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL). Por enquanto, o Inep só divulgou as datas das provas regulares.

Como é a prova?

Antes de mais nada, você precisa saber que a prova ocorrerá no dia 25 de agosto, durante o período da manhã e da tarde, em 611 cidades do Brasil.

Com a finalidade de avaliar o conhecimento dos candidatos, o exame do Encceja inclui 4 provas, sendo que cada uma delas possui 30 questões de múltipla escolha, além da redação. Assim sendo, aqueles que desejam a certificação do Ensino Fundamental, fazem as provas de:


● Ciências Naturais;

● Matemática;

● Língua Portuguesa;

● Língua Estrangeira Moderna;

● Artes;

● Educação Física;

● História;

● Geografia;

● Redação.

Em contrapartida, as provas para o Ensino Médio avaliam:

Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

● Matemática e suas Tecnologias;

● Linguagens e Códigos e suas Tecnologias;

● Ciências Humanas e suas Tecnologias;

● Redação.

Prova de múltipla escolha do Encceja

O Encceja é fácil ou difícil?

Se é fácil ou difícil, depende muito do quanto você já se dedicou à escola nos últimos anos e de qual é o seu nível de conhecimento nas áreas exigidas. Dessa forma, cabem algumas perguntas: o candidato se preparou? Olhou os conteúdos? Estudou conteúdos atualizados? Tudo isso deve ser levado em consideração na hora de avaliar o nível de dificuldade da prova.

Por exemplo, nos últimos anos, apenas 20% das pessoas que fizeram a prova, conseguiram a certificação do Ensino Médio. Ainda assim, a prova do Encceja é hoje, o jeito mais simples de concluir o Ensino Médio.

Como posso obter o certificado?

O valor das questões das provas objetivas, tem como base o TRI (Teoria de Resposta ao Item). Por isso, os candidatos devem obter nota 100 (mínima) em cada uma das provas aplicadas e 5 na redação.

Quem fizer o exame e for aprovado, poderá receber uma certificação ou uma declaração parcial de proficiência.

Sendo assim, participantes que conseguirem a nota mínima exigida em cada uma das provas e na redação, recebem a Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental ou Médio.

Participantes que não conseguirem obter a nota mínima em uma das 4 provas, ou em mais de uma, recebem a Declaração Parcial de Proficiência. Este último não é reconhecido como certificado de conclusão do Ensino Médio, mas dispensa o candidato de ter que refazer esta mesma prova, em futuras edições do exame.

As novidades do Encceja de 2019

Neste ano, pela primeira vez, a prova traz um edital em Libras, para aqueles que necessitam do recurso. Além disso, participantes que deixarem seu aparelho eletrônico emitir qualquer tipo de som, serão eliminados da prova.

Por que fazer o Encceja?

Tenha em mente que concluir os estudos abrirá inúmeras portas para você! O mercado de trabalho é exigente e, na maioria das vezes, acaba fechando as portas para aqueles que não possuem o Ensino Médio completo. Com o diploma na mão, será muito mais fácil conseguir um novo emprego e até mesmo entrar no ensino superior.

O ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio, oferece isenção na taxa de inscrição aos alunos que fizeram o Encceja no ano anterior. Já pensou? Concluir o Ensino Médio em um ano, e, além disso, ingressar no Ensino Superior no ano seguinte? Você pode e nós acreditamos nisso!

Eu sou um título maneirão

Eu sou uma descrição bonitona

Seu eBook foi enviado para o seu e-mail.
Não deixe de checar sua caixa de SPAM e seguir o @biologiatotaloficial nas redes sociais. Bons estudos 🙂

Como estudar para a prova?

Leve a prova a sério! Não é porque o Encceja não vai te exigir 6 meses de aula, como um supletivo particular, que ele não merece atenção! Se você está procurando apostilas gratuitas para focar no estudo, acesse a página do Encceja e faça o download de diversos materiais.

Lá, o  Inep disponibiliza aos candidatos uma página com diversos conteúdos para estudo, além das provas de edições anteriores. Para acessá-los, basta clicar aqui!

Preparado (a)? Bons estudos!